25/07 – SP – Segundo Ato contra o Vagão Rosa – O espaço público é das mulheres!

ato

https://www.facebook.com/events/670056166405856/

25/7 – Sexta
17h
Praça do Ciclista (Av. Paulista)

No último dia 04/07, a ALESP (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) aprovou o PL (Projeto de Lei) 175/2013, que obriga as empresas de transporte urbano a manterem, no mínimo, um vagão em cada composição para uso exclusivo das mulheres em trens e metrôs. O objetivo, segundo o PL, é evitar casos de assédios sexuais registrados principalmente nos horários de pico devido à superlotação.

Nós, mulheres e usuárias do transporte público, questionamos a eficácia dos vagões que nos segregam com o suposto intuito de nos proteger. Nosso direito de ir e vir não deveria ser restrito quando homens e mulheres são cidadãos iguais perante a lei. Sabemos que a superlotação continuará, pois o problema está na qualidade do transporte público; sabemos, também, que os assédios não serão evitados, pois experiências com o “vagão rosa” em outros estados mostram como é difícil a fiscalização dos mesmos; sabemos, também, por essas experiências, que o “vagão rosa” não contempla, na prática, as mulheres transexuais e as mulheres de aparência menos feminina; sabemos, principalmente, que somos a maioria da população no transporte público e que, portanto, não faz sentido que os vagões sejam destinados a nós, ao invés de, por exemplo, serem destinados aos homens, cujos atos criminosos ameaçam a integridade física e psicológica de crianças, mulheres jovens e idosas cotidianamente.

Reforçamos que o “vagão rosa” é uma medida de segregação vergonhosa para um país que, há poucos meses, se chocou com os dados do Ipea divulgados pela pesquisa “Tolerância social à violência contra as mulheres”. No imaginário social, as mulheres ainda são culpadas pelas agressões que sofrem, o que leva as vítimas ao constrangimento e medo de denunciar.

Nesse dia faremos um ato para que o governador Geraldo Alckmin vete esse Projeto de Lei medieval e clamaremos por medidas alternativas contra os assédios sexuais: campanhas de conscientização que não restrinjam a liberdade e o direito de ir e vir das cidadãs, mas sim que reafirmem o nosso direito de ocupar o espaço público com segurança e dignidade, além de punição mais rigorosa para os estupradores.

VAI TER MULHER NO ESPAÇO PÚBLICO SIM!

Leia o Projeto de Lei: http://www.al.sp.gov.br/propositura/?id=1123031

Leia sobre a experiência de São Paulo com o ”vagão rosa”: http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2014-04/4-vagoes-destinados-so-para-mulheres-ja-foi-testado-em-sp-sem-sucesso

Leia mais sobre o assunto: http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2014-04/vagao-feminino-do-metro-da-seguranca-mas-e-resolve-o-machismo

http://www.cartacapital.com.br/blogs/outras-palavras/o-vagao-para-mulheres-so-anda-para-tras-1088.html

http://www.brasilpost.com.br/gabriela-loureiro/vagao-rosa-_b_5558584.html

http://www.dw.de/polêmica-sobre-assédio-no-transporte-público-reflete-problema-maior/a-17526801

http://www.bolsademulher.com/estilo/assedio-sexual-mulher-culpa-nao-e-sua/

http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/SEGURANCA/471285-ASSEDIO-SEXUAL-NO-TRANSPORTE-PUBLICO-PODERA-SER-PUNIDO-COM-PRISAO.html

#VetaAlckmin
#OEspaçoPúblicoTambémÉDasMulheres
#SegregaçãoNão
#ForaVagãoRosa“

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s