Arquivo da categoria: ato

29/08 (PE) – Dia Nacional da Visibilidade Lésbica – MMM-PE – Núcleo Agreste

Dia Nacional da Visibilidade Lésbica - Marcha Mundial das Mulheres de Pernambuco - Núcleo Agreste
“Pra nós, feministas Lésbicas da Marcha Mundial das Mulheres, o 29 de Agosto é uma data de luta por nossos direitos que ainda não estão garantidos na sociedade. Ainda somos vítimas da violência machista, patriarcal e capitalista que nos deixa bastante vulneráveis. O Mês da Visibilidade Lésbica não é apenas um mês comemorativo, mas é uma marca de nossas lutas diárias.
Essa data é pra afirmar que nossa caminhada permanece em todos os cantos, que queremos um Estado Laico e Liberdade pra andar na rua com nossas namoradas e companheiras sem ser alvo de piadinhas machistas e violência. Assim como as pessoas heterossexuais tem garantido seu direito de se relacionar, nós também queremos o nosso porque não violamos nenhuma lei.” Extraído de http://marchamulheres.wordpress.com/2014/08/19/respirar-o-amor-aspirando-liberdade/

Mulherada, sexta é dia de batucar e protestar contra a invisibilidade. Bote sua roupa de festa, pegue sua latinha, saia da lagoa e venha para a rua. A concentração será no Grande Hotel e juntas vamos marchar para a Má Fama, lá vamos botar a boca no trombone, batucar e dançar pela liberdade! Venham todas!
MMM Agreste.

Dia 29/08 às 21h – Av. Rio Branco,365 Centro, Caruaru – PE

30/08 (BH) – 10ª Caminhada das Lésbicas e Bissexuais de BH

 

Programação da 3ª Semana da Visibilidade das Lésbicas e Bissexuais de BH

Sexta – 22/08
19h – Roda de Conversa: Saúde da Mulher Lésbica e Bissexual
(Rede Feminista de Saúde)
FEAD – Unidade V – Saúde – R. Santa Rita Durão, 1160, Funcionários

Sábado – 23/08
14h – Roda de Conversa: Papo Lés (Negras Ativas)
Sede das Negras Ativas (Antiga ALEM) Rua da Bahia, 573, Sala 703
17h – Roda de Conversa: Infância, Adolescência e Juventude Lésbica: Crescer amando mulheres (GARRa Feminista) – Praça Raul Soares

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/790893340953663/

Domingo – 24/08
9h – Futebol das Minas (Rede Afro LGBT Mineira)
Oficina: Stêncil & Camisetas (GARRa Feminista)
Oficina: Cancioneiro (Levante Popular da Juventude)
Oficina: Construção de Instrumentos (Suspirin Feminista)
Escola Estadual Afonso Pena – Avenida João Pinheiro, 450 – Centro

Segunda – 25/08
19h – Oficina: Consenso Sexual Entre Lésbicas (Coletiva Pêlas)
Instituto Helena Greco – Rua Hermilo Alves, 290 Santa Tereza

Terça – 26/08
19h – Oficina: Chá com Bolachas (Suspirin Feminista)
Instituto Helena Greco – Rua Hermilo Alves, 290 Santa Tereza

Quarta – 27/08
17h – Debate: Violência e Lei Maria da Penha (DCE UFMG)
Praça de Serviços da UFMG – Campus Pampulha

Quinta – 28/08
18:30h – Filme: Pariah + Roda de Conversa (Rede Afro LGBT Mineira)
Cineclube Joaquim Pedro de Andrade
Sinpro – Rua Tupinambás, 179 – 14ºandar – Centro – BH/MG

Sexta – 29/08
19h – Piquenique da Visibilidade Lésbica e Bissexual na Praça Raul Soares

Sábado – 30/08
12h – Concentração da 10ª Caminhada das Lésbicas e Bissexuais de BH
Duelo de Mulheres MCs (Parceria com Família de Rua)
Pocket Show: Érika Ribeiro (Banda Toplez) – Praça 7

Domingo – 31/08
14h – Viva as Ocupações Urbanas – Resiste Sapatão!

Segunda – 01/09
17h – Debate: Feminismo Anti-prisional (Suspirin Feminista)
Instituto Helena Greco – Rua Hermilo Alves, 290 Santa Tereza

06/09 (SP) – Espaço para abortar: Mujeres Creando na 31ª Bienal de SP

Mujeres Creando, organização feminista autônoma boliviana está em São Paulo, Brasil, para participar da 31ª. Bienal de Arte de São Paulo. Aí apresentaremos um espaço que se chama: ESPACO PARA ABORTAR. Além do apelo aos governos e igrejas de nosso continente, queremos abrir um espaço para falar sobre aborto em primeira pessoa: como o vivenciamos e o que significa em nossas vidas? Desdramatizar o discurso religioso oficial sobre o aborto, desafiar e instigar.

Para isso estamos organizando uma espécie de marcha dentro do contexto da bienal e queremos contatar companheiras que estejam em São Paulo, nesta e em outras lutas e que queiram participar com sua palavra direta. Imaginamos que muitas de vocês conheçam a relevância que tem a Bienal de Arte de São Paulo no Brasil e em todo o continente. Desse modo, quanto mais numerosa e mais rica possa ser nossa mobilização, maior uso estaríamos fazendo deste espaço para fazer escutar nossa voz feminista.

Por favor companheiras, caso queiram participar peço a vocês que me mandem um email a este endereço: mujerescreando@entelnet.bo

A Marcha acontece dia 06 de setembro às 15h das tarde no Parque Ibirapuera, na Bienal de Arte de São Paulo no “Espaço Mujeres Creando”.


Por favor, ajudem as mulheres que não estão no Brasil a transmitir esta mensagem.

Que o parque e a bienal de São Paulo, os governos, os meios de comunicação e até os passarinhos saibam que estamos em pé de luta falando em primeira pessoa e atuando além da idiotice estatal:

NEM BOCA FECHADA, NEM ÚTERO ABERTO.

26/08 a 31/08 (SP) – Estéticas da Periferia: Confira a programação!

 

icon_esteticas2014Favelaabdiasecarolina


Duas das mais importantes referências da militância e do universo do negro, Carolina Maria de Jesus e Abdias Nascimento, nasceram no mesmo dia: 14 de março de 1914. Aproveitando a data centenária, o Estéticas das Periferias apresenta, já na sua abertura, uma peça que une o universo e a história de ambos. Sob a direção artística de Lucelia Sergio, da Cia. Os Crespos, o espetáculo “Favela” reúne as quatro companhias de Teatro Negro da cidade de São Paulo: Os Crespos, Coletivo Negro, Capulanas Cia. de Arte Negra e Grupo Clariô de Teatro, com o acompanhamento musical da banda Aláfia. A partir do discurso de Carolina Maria de Jesus, o espetáculo cria uma ponte com a realidade da periferia hoje e coloca a Favela em cena, dando voz, grito e canto às várias Carolinas do nosso tempo.


Direção geral: Lucelia Sergio | Assistente de direção Sidney Santiago Kuanza | Atores: Darília lilbé, Lucelia Sergio e Sidney Santiago Kuanza (Os Crespos); Aysha Nascimento, Jé Oliveira, Jefferson Matias, Raphael Garcia, Thaís Dias (Coletivo Negro); (Capulanas Cia de Arte Negra); Naruna Costa, Naloana Lima, Martinha Soares (Grupo Clariô de Teatro). Banda Aláfia: Jairo Pereira – voz | Eduardo Brechó – voz e guitarra | Xênia França – voz | Lucas Cirillo – gaita | Filipe Gomes – bateria | Alysson Bruno – percussão | Gabriel Catanzaro – baixo | Pipo Pegoraro – guitarra | Gil Duarte – trombone | Fernando TRZ – teclados.


Dia 26 (terça-feira) às 20h. Auditório Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, Parque Ibirapuera, Portão 3, São Paulo/SP.Entrada franca: retirar ingressos a partir das 18h na bilheteria.

icon_esteticas2014Intervenção “Sertão Amado” (Cia de Teatro Conectados)


Retratando a realidade de famílias do sertão, a história é encenada de forma dramática e cômica pelos três irmãos: Zé, Dora e Rosa.


  Dia 26 (terça-feira) às 16h. Terminal Vila Nova Cachoeirinha, ao lado do CCJ. Centro Cultural da Juventude. Av. Dep. Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Samba da Vela


“O show começa quando a vela é acesa, o show acaba quando a vela se apaga…” O Samba da Vela acontece todas as segundas-feiras em Santo Amaro, reunindo cantores, músicos, compositores e simpatizantes. Fundada em 2000, a mais importante roda de samba de São Paulo se apresenta na quarta edição do Estéticas das Periferias.


Dia 27 (quarta-feira) às 20h. Centro Cultural São Paulo (CCSP). Rua Vergueiro, 1000, Liberdade, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Mostra de Teatro Negro: COLETIVO NEGRO


Abdias do Nascimento foi fundamental na criação do Teatro Negro Experimental – TEN, referência em teatro no século XX. Para homenageá-lo, a Mostra de Teatro Negro acontecerá de 27 a 30/08 com apresentações completas das companhias Os Crespos, Coletivo Negro, Grupo Clariô de Teatro e Capulanas Cia de Arte Negra. Composto por artistas da Escola Livre de Teatro de Santo André (ELT) e da Escola de Arte Dramática da USP, o Coletivo Negro é um grupo de afro-descendentes comprometidos com a recriação artística do imaginário construído em relação ao negro brasileiro. Nascido em 2008, estreia “Movimento Número 1: O Silêncio de Depois…” em 2011, que rendeu duas indicações ao prêmio Cooperativa Paulista de Teatro. Em 2014, estrearam a peça “{ENTRE}”. 


Dia 27 (quarta-feira) às 20h. CEU Jaçanã. Rua Mário Lago, 46, Jaçanã, São Paulo/SP    

icon_esteticas2014Tudobolô


Espetáculo infantil com Chico dos Bonecos. O ator conta histórias, brinca com as palavras e apresenta um abracadabrante Escada de Maracá e uma mirabolante coleção de Jabolôs.


Dia 27 (quarta-feira) às 10h. Espaço Cultural Periferia no Centro / Ação Educativa. Rua General Jardim, 660, Vila Buarque, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Show Questões de Gênero na Brasilândia


A Fábrica de Cultura da Brasilândia abrigará três grupos e coletivos na noite da quarta-feira: Les Queens, Sarau do Ademar e Samba Delas.


Dia 27 (quarta-feira) às 18h. Fábrica de Cultura da Brasilândia. Av. Inajar de Souza, 7001, Brasilândia, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Mostra de Teatro Negro: OS CRESPOS


Abdias do Nascimento foi fundamental na criação do Teatro Negro Experimental – TEN, referência em teatro no século XX. Para homenageá-lo, a Mostra de Teatro Negro acontecerá de 27 a 30/08 com apresentações completas das companhias Os Crespos, Coletivo Negro, Grupo Clariô de Teatro e Capulanas Cia de Arte Negra. Formado na Escola de Arte Dramática em 2005,Os Crespos é um coletivo teatral de pesquisa cênica e audiovisual, debates e intervenções públicas que trabalha, há nove anos, na construção de um discurso poético que debata a sociabilidade do indivíduo negro na sociedade contemporânea. Estreou em 2006 com o espetáculo “Anjo Negro”, com direção do alemão Frank Castorf, e apresenta ao público em 2014,“Cartas à Madame Satã ou Me Desespero sem Notícias Suas”.


Dia 28 (quinta-feira) às 20h. Instituto Pombas Urbanas. Av. dos Metalúrgicos, 2100, Cidade Tiradentes, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Oficina de Máscaras


Participante do CAP (Coletivos Culturais de Cidade Ademar e Pedreira), a Cia Ateliê das Artes introduz na oficina a história das máscaras, a partir de seu processo de desenvolvimento e dos materiais que se utiliza para fazê-las. Cada participante terá a oportunidade de montar sua própria máscara, sendo a pintura, formato e expressões totalmente livres.


Dia 28 (quinta-feira) das 08h às 11h. Casa de Cultura e Cidadania Guacuri (Circo). Rua Joaquim Forzano, 50, Vila Guacuri, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Fernando Anitellifernando_anitelli


Ator, músico e compositor, Fernando Anitelli, líder do consagrado grupo Teatro Mágico, apresenta um show solo acompanhado de violão.


Dia 28 (quinta-feira) às 20h. Centro Cultural da Juventude (CCJ). Av. Deputado Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Fernanda Coimbra


Cantando a maloqueiragem, Fernanda Coimbra mistura blues e samba ao apresentar novos compositores da periferia paulistana.


Dia 28 (quinta-feira) às 20h. Centro Cultural da Penha. Largo do Rosário, 20, Penha, São Paulo/SP.

 

icon_esteticas2014 Lurdez da Luz lurdezdaluz


Lurdez da Luz comemorou em 2013 seus 10 anos de carreira. A rapper já dividiu o palco com grupos de destaque como Jurassic Five, De La Soul, Mos Def, Pharoahe Monch. Enquanto se prepara para o lançamento de seu segundo álbum, Lurdez da Luz realiza show da sua turnê Levante no CEU Jaçanã.


Dia 29 (sexta-feira) às 20h. CEU Jaçanã. Rua Mário Lago, 46, Jaçanã, São Paulo/SP.


icon_esteticas2014Nhocuné Soul


Com raízes no samba, soul e funk, além de levadas de hip hop, a banda completa 15 anos de estrada, com três álbuns gravados de forma independente. Com quase todos os integrantes engajados na luta por moradia e na relação periferia-centro, as letras discutem o preconceito racial e juventude.


Dia 29 (sexta-feira) às 19h. Centro Cultural São Paulo (CCSP). Rua Vergueiro, 1000, Liberdade, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Kamaukamau


Kamau rima desde 1997 e já dividiu palcos e gravações com várias gerações do rap brasileiro e mundial. MC, compositor, beatmaker e skatista, na quarta edição do Estéticas das Periferias, o rapper traz um show com as canções do seus discos …ENTRE… e Non Ducor Duco.


Dia 29 (sexta-feira) às 21h. CEU Butantã. Av. Engenheiro Heitor Antônio Eiras Garcia, 1870, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Prettos


Os irmãos Maurilio e Magnu, integrantes do premiado e reconhecido Quinteto Branco e Preto, juntos com a banda Cundum, apresentam o projeto Os Prettos, um show repleto de sambas tradicionais, além de composições próprias.


Dia 29 (sexta-feira) às 19h30. CEU Inácio Monteiro. Rua Barão Barroso do Amazonas, s/nº, São Paulo/SP.

bakimbutaicon_esteticas2014Ba Kimbuta


Vocalista e compositor, Ba Kimbuta defende o rap como instrumento de luta, denunciando, através de suas músicas, diversas questões sociais e atacando o preconceito, a desigualdade social e os demais reflexos causados pelo capitalismo. A união com a banda Makomba traz para o show influências do samba, funk, reggae, jazz e afrobeat.


Dia 29 (sexta-feira) às 20h. CEU Tiquatira. Av. Condessa Elizabeth de Robiano, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Crônica Mendes


Compositor e um dos criadores do grupo “A Família”, Crônica Mendes é reconhecido nacionalmente por seu trabalho e por sua música. Além dos palcos, o rapper se faz presente em diversas atividades em escolas, dentro das unidades da Fundação Casa e em saraus. Confira show com participação de Edi Rock, Rashid e Gregory.


Dia 29 (sexta-feira) às 20h. CEU Paraisópolis. Rua Doutor José Augusto De Souza E Silva, s/nº, Jardim Parque, Morumbi, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Stand Up Comedy – Costa Senna e Serginho Poeta


Nascido em Fortaleza e radicado em São Paulo, Costa Senna é cantor, ator, compositor e poeta. Mostra em suas performances a versatilidade do artista que traz a linguagem de fazer o povo rir e pensar.costa_senna


Dia 29 (sexta-feira) às 20h. Bar do Zé Batidão. Rua Bartolomeu Dos Santos, 797, Chácara Santana, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Oficina de Máscaras


Participante do CAP (Coletivos Culturais de Cidade Ademar e Pedreira), a Cia Ateliê das Artes introduz na oficina a história das máscaras, a partir de seu processo de desenvolvimento e dos materiais que se utiliza para fazê-las. Cada participante terá a oportunidade de montar sua própria máscara, sendo a pintura, formato e expressões totalmente livres.


Dia 29 (sexta-feira) das 08h às 11h. Casa de Cultura e Cidadania Guacuri (Circo). Rua Joaquim Forzano, 50, Vila Guacuri, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Cartas


O espetáculo da Cia Atêlie das Artes traz histórias de que vão se construindo e sendo interpretadas por um corpo invisível, pelo morador em situação de rua. Por meio das cartas, mostra-se pessoas que se relacionam indiretamente, mas que estão ligadas, expondo gente que não teve tempo de viver e contar a sua própria história.


Dia 29 (sexta-feira) às 15h. Casa de Cultura e Cidadania Guacuri (Circo). Rua Joaquim Forzano, 50, Vila Guacuri, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Mostra de Teatro Negro: CAPULANAS CIA. DE ARTE NEGRA, com SANGOMA


O espetáculo Sangoma discute temas relacionados à saúde das mulheres negras. Seis mulheres Sangomas habitam uma casa sagrada com laços ancestrais. Mulheres que romperam o silêncio, compartilham suas histórias de vida e seus caminhos para chegar à cura.


Dia 30 (sábado) às 18h30. Rua José Barros Magaldi, 1021, Jd. São Luís, São Paulo. Reservas: comunicacaocapulanas@gmail.com, capacidade para 30 lugares – em caso de chuva, não haverá espetáculo.

alafiaicon_esteticas2014Banda Aláfia


Da batucada ao baile funk: além da participação na abertura do Estéticas das Periferias 2014, a banda Aláfia, grupo paulistano formado por 11 músicos, se apresenta no Centro Cultural da Juventude, com repertório que mescla cultura popular brasileira, hip hop, funk, jazz e soul.


Dia 30 (sábado) às 20h. Arena CCJ (Centro Cultural da Juventude). Av. Dep. Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Mostra de Teatro Negro: GRUPO CLARIÔ DE TEATROclario


O Grupo Clariô de Teatro é um coletivo que busca discutir a arte produzida pela periferia, na periferia e para a periferia. Na quarta edição do Estéticas das Periferias, o coletivo apresenta o premiado espetáculo “Urubu Come Carniça e Vôa!”, de Miró da Muribeca, que trata da condição de mulheres e homens das periferias do Brasil de hoje.


Dia 30 (sábado) às 20h. Espaço Clariô. Rua Santa Luzia, 96, Vila Santa Luzia, Taboão da Serra/SP.

icon_esteticas2014Cortejos:  Maracagueto, Batuque Abayomi e Caracaxá


Nascido em 2005, o grupo Maracagueto é formado por artistas de Diadema e da Grande São Paulo que apresentam ritmos, danças e personagens das manifestações da cultura popular. O Batuque Abayomi é um grupo de mulheres de diferentes idades, nascido de uma oficina de batucada. O nome Abayomi é uma palavra yorubá da língua africana que significa ‘encontro precioso’ e ‘aquele que traz a felicidade’. Já a Cia Caracaxá brinca com o Maracatu de Baque Virado e se formou no final de 2003.


Dia 30 (sábado) às 11h. CEU Alvarenga. Estrada do Alvarenga, 3752, Balneário São Francisco, Pedreira, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Tenda de DJs e Batalha de MCs Alvarenga Rap City


Tenda de DJs: Fábio Jota, além de DJ, atua como produtor cultural e traz em sua seleção musical ritmos brasileiros, em especial da cultura popular, remixados com a música eletrônica. Erry-G iniciou seu contato com o hip hop em 1994 ao criar o grupo de rap Face Ativa. Atua como DJ, produtor cultural e arte educador. A Batalha de MCs Alvarenga Rap reúne artistas amantes da cena do rap independente para compartilhar informações e trabalhos, realizando batalhas de improviso e promovendo freestyles.


Dia 30 (sábado) às 13h30. CEU Alvarenga. Estrada do Alvarenga, 3752, Balneário São Francisco, Pedreira, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Debate: A Construção de Políticas Culturais na Periferia


Trazendo uma das pautas do CAP – Coletivos Culturais da Cidade Ademar e Pedreira, o debate pretende fortalecer os agentes culturais da região. Participantes: Eliane Moreno (atriz e militante do Fórum da Zona Leste), João Nascimento (produtor cultural do Grupo Treme Terra da Zona Oeste), Fernando Ferrari (membro da Rede Popular de Cultura M`Boi Mirim e Campo Limpo e Zona Sul) e Noêmia de Oliveira (produtora cultural e militante da Zona Norte).


Dia 30 (sábado) às 15h45. CEU Alvarenga. Estrada do Alvarenga, 3752, Balneário São Francisco, Pedreira, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Eu, Tu, Eles, Nozes & Vozes


O Cena Norte – Fórum Cultural da Zona Norte apresenta a terceira edição do evento multiartístico “Eu, Tu, Eles, Nozes & Vozes”, que terá apresentações de grupos de dança, esquetes teatrais, poesia, músicos de MPB, bandas e fanfarras escolares, bandas pop, manifestações da cultura popular, hip hop, contação de causos e outras expressões. Jefferson Messias, poeta e cordelista, Grupo X-Pression, Emmy Formando’s MCs, Gnomo Ju e Bica 1720 estarão presentes.


Dia 30 (sábado) às 18h. Arena CCJ (Centro Cultural da Juventude)Av. Dep. Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Sarau A’gosto das Letras – Homenagem a Dorival Caymmi


Em homenagem ao centenário de Dorival Caymmi, o sarau contará com leituras e fragmentos das obras de Jorge Amado e outros autores que dialogam com o universo musical de Caymmi, além de uma roda de samba com grupos e sambistas da Cidade Ademar.


Dia 30 (sábado) às 19h. CEU Alvarenga. Estrada do Alvarenga, 3752, Balneário São Francisco, Pedreira, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Ballet Capão Cidadão, da Associação Capão Cidadão e MC Boy Killa


Dia 30 (sábado) às 20h. CEU Campo Limpo. Av. Carlos Lacerda, 678, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014

emicida

Emicida – convidado especial: Raelrael


Para encerrar o Estéticas das Periferias 2014, Emicida sobe ao palco com o show “O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui”, seu primeiro disco oficial. O show passeia por ritmos que vão do funk ao samba com forte influência percurssiva, com Rael como convidado especial. No cenário hip hop, Rael é um artista em ascensão. Mesclando rap com samba e reggae, ele lança seu segundo álbum de estúdio com participações de grande nomes do hip hop nacional.


Dia 31 (domingo) às 17h. Praça do Cemitério da Cachoeirinha. Av. Deputado Emílio Carlos, Vila Cachoeirinha, próximo ao Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso, São Paulo/SP.


Confira todas as atrações

do encerramento

 

icon_esteticas2014Encontro de Cortejos


É di Santo, Umoja e Maracatu de Raíz Nagô se encontram para energizar o último dia do evento. Nos intervalos dos shows, ao longo do dia, cada cortejo realizará uma apresentação única.


Dia 31 (domingo) às 10h. Praça do Cemitério da Cachoeirinha. Av. Deputado Emílio Carlos, Vila Cachoeirinha, próximo ao Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Tia Cida


O samba é o mais tradicional dos ritmos brasileiros, nascido nos morros e periferias do Brasil no início do século XX. Com uma tradição de grandes intérpretes femininas, Tia Cida não foge a regra.


Dia 31 (domingo) às 11h. Praça do Cemitério da Cachoeirinha. Av. Deputado Emílio Carlos, Vila Cachoeirinha, próximo ao Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Caravana do Funk


Junto com o rap, o funk é um dos principais ritmos para os jovens moradores das periferias nesse início de século. A Caravana do Funk irá apresentar jovens artistas que estão despontando nesse cenário.


Dia 31 (domingo) às 12h30. Praça do Cemitério da Cachoeirinha. Av. Deputado Emílio Carlos, Vila Cachoeirinha, próximo ao Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso, São Paulo/SP.

carolkonkaicon_esteticas2014Karol Conka


Umas das principais artistas que surgiu no rap nacional nos últimos anos, essa curitibana trará ao evento suas batidas poderosas do universo feminino.


Dia 31 (domingo) às 14h30. Praça do Cemitério da Cachoeirinha. Av. Deputado Emílio Carlos, Vila Cachoeirinha, próximo ao Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Encontro de DJs


Reunindo quatro DJs que tocam simultaneamente e entre eles estabelecem disputas, este espetáculo de grande originalidade impressiona pela performance de cada DJ e pela harmonia do conjunto, dando a impressão de uma orquestra.


Dia 31 (domingo) às 16h. Praça do Cemitério da Cachoeirinha. Av. Deputado Emílio Carlos, Vila Cachoeirinha, próximo ao Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Feira de Economia Solidária


Com o objetivo de fomentar práticas de economia solidária na área de cultura, oito tendas vão estar espalhadas durante o encerramento do Estéticas das Periferias. Diferentes coletivos e empreendedores vão marcar presença.


Dia 31 (domingo) das 10h às 17h. Praça do Cemitério da Cachoeirinha. Av. Deputado Emílio Carlos, Vila Cachoeirinha, próximo ao Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Encontro de Saraus


A literatura estará presente no encontro de saraus, com os coletivos Poetas Ambulantes, Poesia Maloqueirista, Mjiba e Quilomboje. O jovem grupo dos Poetas Ambulantes inovou nas suas intervenções artísticas e fez das ruas e dos terminais urbanos da cidade o seu campo de atuação, entre passageiros de coletivos e de trens urbanos. Criado há quase dez anos, o coletivo Poesia Maloqueirista vem disseminando poesias em projetos ligados à formação de leitores em bibliotecas públicas e saraus. Para completar a cena, o Mjiba, sarau composto por mulheres negras e responsável pela coletânea “Pretextos de Mulheres Negras”, e o Quilomboje, um dos mais antigos e respeitados coletivos literários de São Paulo e que desde a década de 1970 lança coletâneas de escritores negros, se reúnem na homenagem a Carolina Maria de Jesus.


Dia 31 (domingo) às 15h. Centro Cultural da Juventude. Av. Deputado Emílio Carlos, 3641, Vila Cachoeirinha, São Paulo/SP.

icon_esteticas2014Programação Infantil


O Estéticas das Periferias também é lugar para os pequenos. A programação infantil desse ano reúne aTenda Lúdica Ilu Oba de Min, espaço com pintura facial, contação de histórias e brincadeiras da tradição afrobrasileira e aTrupe Liuds, trupe circense formada por palhaços negros que atua na comunidade de Perus e apresentará o espetáculo infantil Mjiba – A boneca guerreira.


Dia 31 (domingo) das 10h às 15h. Centro Cultural da Juventude. Av. Deputado Emílio Carlos, 3641, Vila Cachoeirinha, São Paulo/SP.

25/07 – SP – Segundo Ato contra o Vagão Rosa – O espaço público é das mulheres!

ato

https://www.facebook.com/events/670056166405856/

25/7 – Sexta
17h
Praça do Ciclista (Av. Paulista)

No último dia 04/07, a ALESP (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) aprovou o PL (Projeto de Lei) 175/2013, que obriga as empresas de transporte urbano a manterem, no mínimo, um vagão em cada composição para uso exclusivo das mulheres em trens e metrôs. O objetivo, segundo o PL, é evitar casos de assédios sexuais registrados principalmente nos horários de pico devido à superlotação.

Nós, mulheres e usuárias do transporte público, questionamos a eficácia dos vagões que nos segregam com o suposto intuito de nos proteger. Nosso direito de ir e vir não deveria ser restrito quando homens e mulheres são cidadãos iguais perante a lei. Sabemos que a superlotação continuará, pois o problema está na qualidade do transporte público; sabemos, também, que os assédios não serão evitados, pois experiências com o “vagão rosa” em outros estados mostram como é difícil a fiscalização dos mesmos; sabemos, também, por essas experiências, que o “vagão rosa” não contempla, na prática, as mulheres transexuais e as mulheres de aparência menos feminina; sabemos, principalmente, que somos a maioria da população no transporte público e que, portanto, não faz sentido que os vagões sejam destinados a nós, ao invés de, por exemplo, serem destinados aos homens, cujos atos criminosos ameaçam a integridade física e psicológica de crianças, mulheres jovens e idosas cotidianamente.

Reforçamos que o “vagão rosa” é uma medida de segregação vergonhosa para um país que, há poucos meses, se chocou com os dados do Ipea divulgados pela pesquisa “Tolerância social à violência contra as mulheres”. No imaginário social, as mulheres ainda são culpadas pelas agressões que sofrem, o que leva as vítimas ao constrangimento e medo de denunciar.

Nesse dia faremos um ato para que o governador Geraldo Alckmin vete esse Projeto de Lei medieval e clamaremos por medidas alternativas contra os assédios sexuais: campanhas de conscientização que não restrinjam a liberdade e o direito de ir e vir das cidadãs, mas sim que reafirmem o nosso direito de ocupar o espaço público com segurança e dignidade, além de punição mais rigorosa para os estupradores.

VAI TER MULHER NO ESPAÇO PÚBLICO SIM!

Leia o Projeto de Lei: http://www.al.sp.gov.br/propositura/?id=1123031

Leia sobre a experiência de São Paulo com o ”vagão rosa”: http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2014-04/4-vagoes-destinados-so-para-mulheres-ja-foi-testado-em-sp-sem-sucesso

Leia mais sobre o assunto: http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2014-04/vagao-feminino-do-metro-da-seguranca-mas-e-resolve-o-machismo

http://www.cartacapital.com.br/blogs/outras-palavras/o-vagao-para-mulheres-so-anda-para-tras-1088.html

http://www.brasilpost.com.br/gabriela-loureiro/vagao-rosa-_b_5558584.html

http://www.dw.de/polêmica-sobre-assédio-no-transporte-público-reflete-problema-maior/a-17526801

http://www.bolsademulher.com/estilo/assedio-sexual-mulher-culpa-nao-e-sua/

http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/SEGURANCA/471285-ASSEDIO-SEXUAL-NO-TRANSPORTE-PUBLICO-PODERA-SER-PUNIDO-COM-PRISAO.html

#VetaAlckmin
#OEspaçoPúblicoTambémÉDasMulheres
#SegregaçãoNão
#ForaVagãoRosa“

 

#alertafeminista 04/06 (DF) – Solenidade de lançamento da campanha “Eu ligo 180”

Todos

A campanha ‘Violência contra as Mulheres – Eu Ligo’, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), em parceria com o Ministério das Cidades e a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom-PR), provoca a sociedade como um todo a não tolerar a violência contra as mulheres. Daí o slogan Eu Ligo, no sentido de Eu me importo.

Além de atrizes e atores que estampam cida

A campanha ‘Violência contra as Mulheres – Eu Ligo’, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), em parceria com o Ministério das Cidades e a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom-PR), provoca a sociedade como um todo a não tolerar a violência contra as mulheres. Daí o slogan Eu Ligo, no sentido de Eu me importo.

Além de atrizes e atores que estampam cida

A campanha ‘Violência contra as Mulheres – Eu Ligo’, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), em parceria com o Ministério das Cidades e a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom-PR), provoca a sociedade como um todo a não tolerar a violência contra as mulheres. Daí o slogan Eu Ligo, no sentido de Eu me importo.

Além de atrizes e atores que estampam cida

#ABORTOLEGAL – Entenda os retrocessos:
A ocasião desse lançamento, chamamos a todas as mulheres do movimento feminista a somarem esforços neste dia.

Na semana passada,  vimos a revogação pelo Ministério da Saúde, por solicitação do Sr. Eduardo cunha, da Portaria 415. Agora, o mesmo  quer revogar a Lei 12.845 de 2013 , que Dispõe sobre o atendimento obrigatório e integral de pessoas em situação de violência sexual.  A Manobra fundamentalista consiste em aprovar o PL 6033/2013, e revogar  Lei 12.845.

Vamos denunciar a manobra e cobrar do Estado a garantida dos nossos direitos já constituídos em lei.

Amanhã, dia 04/06 , as 11 horas,  haverá solenidade de divulgação da campanha “Eu Ligo 180” na Sala de Audiências do Senado Federal .

Será lido o manifesto dos movimentos feministas durante a cerimônia. Esperamos  contar com a presença e apoio das companheiras de Brasília amanhã, durante a solenidade.

É NECESSÁRIO CONFIRMAR PRESENÇA ATRAVÉS DO EMAIL: cerimpres@senado.gov.br

Nenhum retrocesso aos direitos das mulheres será tolerado! Nosso corpo, nosso território!

07/06 – (SP) ATO DE REPÚDIO À REVOGAÇÃO DA PORTARIA 415! #abortolegal

leg

07/06/14 – Sábado
14h
Praça da Sé

https://www.facebook.com/events/645720335507669

“Dia 22/05, o aborto entrou para a lista de procedimentos realizados pelo SUS através da portaria 415/2014.

Essa portaria se propõe uma complementação à Lei 12.845/2013, que dispõe sobre o atendimento obrigatório de vítimas de violência sexual.

ENTENDA A PORTARIA 415/2014 http://lugardemulher.com.br/aborto-nao-e-palavrao-entenda-a-portaria-4152014/

A portaria 415 cria e regulamenta o procedimento do aborto legal dentro da rede do SUS, levando esse atendimento a todas as unidades de saúde com competência para realizá-lo, definindo custos e suas fontes, adronizando normas de solicitação e autorização. Fazendo com que os hospitais não se neguem a realizar um procedimento que está previsto em Lei.

UMA semana depois da portaria autorizada, a BANCADA EVANGÉLICA PARLAMENTARISTA pressionou o Ministério da Saúde contra a portaria 415 e fizeram com que houvesse a revogação. O Ministro da Saúde, Arthur Chioro, revogou a portaria com a desculpa de que ““havia falhas, logo resolveu revogá-la para melhor estudá-la”.

Leia mais sobre a pressão da bancada evangélica: http://poderonline.ig.com.br/index.php/2014/05/29/ministerio-da-saude-cede-a-pressao-religiosa-e-revoga-portaria-sobre-aborto/

A revogação dessa portaria representa um retrocesso enorme nos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres, uma vez que nos impedem de acessar nossos direitos plenos que já estão determinados por lei.

LEIA MAIS AQUI: http://blogueirasfeministas.com/2014/05/aborto-legal-qual-a-situacao-atual/

Por isso, convido à todas para somar vozes em um ato de repúdio a essa revogação draconiana que aconteceu.
PRECISAMOS FAZER BARULHO E PRESSIONAR AS AUTORIDADES CONTRA ESSE RETROCESSO! SÃO NOSSOS DIREITOS SENDO USADOS COMO MOEDA DE TROCA POLÍTICA! NÃO PODEMOS DEIXAR QUE A BANCADA EVANGÉLICA RETIRE AINDA MAIS NOSSOS DIREITOS!

ABORTO LEGAL, SEGURO E GRATUITO: já é garantido por lei em casos de estupro, risco de morte da mãe e fetos anencéfalos. ISSO NÃO PODE SER RETROCEDIDO!

#abortolegal “

31/05 (RJ) -Puta Dei Brasil – de Niterói para o mundo

Dia Internacional da Prostituta

Lançamento Coleção DASPU na Copa
Com lingerie para todos os tipos da joga da Luxúria

Uma passarela passeata contra a repressão policial e para os direitos das prostitutas de Niterói

Rua Amaral Peixoto 327
Centro, Niterói

Concentração 10h
Passarela Passeata 11h

https://www.facebook.com/events/649972458414732/?ref=2&ref_dashboard_filter=upcoming

31/05 (SP) – ATO PÚBLICO POR UMA CONSTITUINTE EXCLUSIVA

 

Ato Público em defesa das políticas públicas com participação popular por uma constituinte exclusiva e soberana para reformar o sistema político.

A concentração para o Ato será em frente ao Teatro Municipal de São Paulo, às 09 da manhã, seguindo até a Praça da Sé.

24/05 (SC) – Marcha das Vadias de Floripa

Data: Sábado, 24 de maio de 2014 à partir das 10h00
Local: Praça XV de Novembro
Endereço: Praça XV de Novembro – Centro

Olá gente, finalmente criamos o evento oficial da Marcha das Vadias de Floripa. Pelo quarto ano consecutivo estamos aqui marchando contra toda forma de opressão de gênero e esperamos que, cada vez mais, muitas pessoas se somem nessa caminhada.
Neste evento estaremos atualizando semanalmente o calendário de debate, de rodas de conversas, de cines-debate, de vendas de artesanato feminista, panfletagens, dentre outras atividades que estarão sendo realizadas até o dia 24 de maio.  (…)

A Marcha das Vadias é um movimento feminista que busca questionar e eliminar essa lógica machista e violenta da sociedade que  vivemos. Nossa luta é para que todas as mulheres sejam livres para se comportarem e se vestirem como bem entenderem, sem que para isso precisem sofrer qualquer tipo de violência, intimidação ou julgamento. Nossos corpos nos pertencem, e exigimos completa autonomia sobre eles para que possamos viver livremente e que sejamos respeitadas em nossas escolhas. Esta marcha é uma ação feminista pela liberdade e igualdade de gênero, pelo fim das opressões e hierarquias de violência. Nenhum violências é justificável, nenhuma violência deve ser tolerada!

Facebook: https://www.facebook.com/MarchaDasVadiasFlorianopolis?fref=ts