Arquivo da categoria: Palestras

23 a 27/09 (SP) – Seminário QUILOMBO MULHERES NEGRAS

Seminário QUILOMBRO – Mulheres Negras
23 a 27 de Setembro – Instituto das Artes – UNESP

Das 19h às 21h30 – Teatro Lourdes Sekeff

23/09 – Sarau: Quilombro em maturo
O que são saraus? Como acontecem esses movimentos na periferia?
COM Erica Peçanha e Alessandra Souza
Mediação – Alice Maria

24/09 – MULHER NEGRA NA ARTE
A mulher negra é retratada sob quais aspectos na arte?
COM Vanessa d’Alambert e Dulcilei C.Lima
Mediação – Alice Maria

25/09- NEGRITUDE E LITERATURA
A negritude e suas percepções pela literatura
COM Cintia Ribeiro e Marcio Farias
Mediação – Giselle dos Santos

26/09 – POESI-AR MEU QUOTIDIANO
Poetas negras e suas relações com a literatura e poesia
COM Tula Pilar, Khadja e Jenyffer Nascimento
Medicação – Giselle dos Santos

26/09 – SARAU – QUILOMBO MULHERES NEGRAS
Parte externa do Instituto de Artes – UNESP
COM Tiely Queen, Khadja, Camila Brasil, Fernanda Coimbra, Odisseia das Flores.

Endereço: Rua Dr.Bento Teobaldo Ferraz, 71, Barra Funda (ao lado do terminal rodoviário)

 

09 a 11/09 (SP) – Repensando Gênero e Feminismos – Seminário Internacional 20 anos do Núcleo de Estudos de Gênero – Pagu

Data do Evento:
09/09/2014 – 15:00 até 11/09/2014 – 17:30 – UNICAMP – Auditorio do IA

 

Repensando Gênero e Feminismos
Seminário Internacional 20 anos do Núcleo de Estudos de Gênero – Pagu
9 a 11 de Setembro de 2014 – Auditório do IA – Instituto de Artes/Unicamp
Transmissão online ao vivo http://socializandosaberes.net.br/
9/09/2014
15h        Mesa de abertura
FEMINISMOS E GÊNERO
16h        1ª Sessão
Coordenação: Mariza Corrêa (Unicamp)
                Eleni Varikas (Université  Paris 8/CNRS)
                Lia Zanotta Machado (UnB)
                Carolina Branco de Castro Ferreira (Unicamp)
Debate
18h        2ª Sessão
Coordenação: Albertina Costa (Fundação Carlos Chagas)
                Monica Tarducci (Universidad Nacional de San Martin/ Universidad de Buenos Aires)
                Claudia Fonseca (UFRGS)
                Dolores Juliano (Universidad de Barcelona)
Debate
10/09/2014
9h           ECONOMIAS SEXUAIS E TRÁFICO DE PESSOAS
Coordenação: Adriana Piscitelli (Unicamp)
                Christian Groes-Green (Roskilde University)
                Amalia Cabezas (University of California, Riverside)
                Kamala Kempadoo (York University)
                Marcia Anita Sprandel (Senado Federal e CMD/ABA)
Debate
11h30    INTERSECÇÃO DE DIFERENÇAS NAS MÍDIAS CONTEMPORÂNEAS
Coordenação: Iara Beleli (Unicamp)
                Richard Miskolci (UFSCar)
                Felicity Schaeffer Gabriel (University of California, Santa Cruz)
                Marcia Ochoa (University of California, Santa Cruz)
                Carmen Rial (UFSC)
Debate
15h30    PRAZER E PERIGO: 30 ANOS DE DEBATE
Coordenação: Maria Filomena Gregori (Unicamp)
                Júlio Assis Simões (USP)
                Maria Filomena Gregori (Unicamp)
                Sérgio Luis Carrara (UERJ)
                Regina Facchini (Unicamp)
Debate
11/09/2014
 
9h           DESAFIOS DA INTERSECCIONALIDADE EM GÊNERO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Coordenação: Maria Conceição da Costa (Unicamp)
                Martha Zapata Galindo (Frëie Universitat Berlin)
                Maria Margaret Lopes (Unicamp)
Debate
 
11h30    GÊNERO E CUIDADO
Coordenação:  Sabrina Finamori (Unicamp)
                Guita Grin Debert (Unicamp)
                Helena Hirata (Centre National de La Recherche Scientifique)
                Antónia Pedroso Lima (Instituto Universitário de Lisboa/CRIA)
                Bila Sorj (UFRJ)
Debate
15h30    RELAÇÕES DE GÊNERO NO MUNDO DO TRABALHO
Coordenação: Angela Carneiro Araújo (Unicamp)
                Maria Betânia Ávila (SOS Corpo)
                Moema Guedes (UFRRJ)
                Nadya Araujo Guimarães (USP)
Debate
17h30    ENCERRAMENTO
Coordenação do PAGU

09/09 (PA) – SEMINÁRIO “Saúde, Gênero e Direitos: Um olhar sobre as mulheres trans, lésbicas e bissexuais

CREDENCIAMENTO 13:00 / INÍCIO ÀS 14:00

1ª MESA: GÊNERO E SEXUALIDADE: MÚLTIPLAS PRÁTICAS E OLHARES.

Dra. Maria Lúcia Chaves Lima

Ms. José Luiz de Moraes Franco

2ª MESA: POLÍTICAS PÚBLICAS E SAÚDE DAS MULHERES TRANS, BI E LÉSBICAS

Enfermeiro Osmar de Souza Reis Junior

Presidenta do Conselho Nacional LGBT – Janaína B. de Oliveira

3ª MESA: Direitos humanos e sexuais das mulheres trans e lésbicas em privação de liberdade.

OAB / PA Diogo de Souza Monteiro

ENCERRAMENTO
SORTEIO DE BRINDES
COFFEE BREAK

CERTIFICADO DE 10 HORAS

AGUARDANDO CONFIRMAÇÃO DOS DEMAIS PALESTRANTES.

REALIZAÇÃO: COLETIVO PELA SAÚDE E DIREITO DAS MULHERES; GRUPO DE ESTUDO E PESQUISA DIREITO PENAL E DEMOCRACIA E CAENF/UFPA

APOIO: PROEX, OAB E JUNT@S PELO DIREITO DE AMAR.
Read more at http://www.wherevent.com/detail/Coletivo-Sdm-SEMINARIO-SAUDE-GENERO-E-DIREITOS-UM-OLHAR-SOBRE-MULHERES-TRANS-LESBICAS-E-BISSEXUAIS

ENDEREÇO:
Campus Universitário do Guamá – Rua Augusto Corrêa, N º 1
Instituto de Ciências Jurídicas – Campus Profissional.

06/09 (SP) – GÊNERO EM QUESTÃO: Feminismo e Lesbianidade nas Periferias Paulistanas

 

A Biblioteca Temática em Direitos Humanos do Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes inicia no mês de setembro o Ciclo de Roda de Conversas “Gênero em Questão”, com participação especial do Coletivo Juntas na Luta.

O projeto é voltado para a reflexão e produção literária e artística das relações de gênero, em especial na condição de jovens, homens e mulheres na periferia da cidade de São Paulo.

A primeira Roda de Conversa tratará do tema “Gênero em Questão: Feminismo e Lesbianidade nas Periferias Paulistas”. As rodas serão mediadas por militantes e por especialistas nos temas, abrindo espaços para reflexão, diálogo e aprofundamento da temática debatida. Começa às 14h!

Biblioteca Temática em Direitos Humanos

Rua Inácio Monteiro, 6.900, 08474-335 São Paulo

10 a 14/09 (SP) – FESTIVAL CCJ DE CULTURA LATINA

Entre os dias 10 e 14 de setembro, o CCJ – Centro Cultural da Juventude realiza seu primeiro Festival CCJ de Cultura Latina. Entre as atrações estão a cantora chilena Ana Tijoux, a dançarina e rapper espanhola Indee Styla, e o show Divas do HipHop que reúne 10 MC’s brasileiras no mesmo palco, entre elas Yzalú, Amanda NegraSim, Livia Cruz, Karol de Souza e Pamelloza Carvalho. Além de música e dança, o Festival CCJ de Cultura Latina terá apresentações de teatro, performances, aulão de culinária boliviana, uma feira gastronômica e exibição de longas e curtas metragens produzidos por latinos.

De 10 a 14/09, quarta a domingo. CCJ.

Confirme presença no evento do facebook: www.facebook.com/events/1455240908077276.

BANDA AZUKAR ABRE O FESTIVAL CCJ DE CULTURA LATINA

A Banda Azúkar  inspira-se no Pop, reggaeton, Merengue e Zouk e trás em sua trajetória profissional três participações em novelas  – “Páginas da Vida”, “Viver a Vida” e “ flor do Caribe” – com músicas de autoria própria e de muito sucesso no Brasil e América Latina.  O compromisso da banda é apresentar o melhor da música pop e pop latina, buscando inspiração em nomes como Célia Cruz, Oscar de León, entre tantos outros que revolucionaram o estilo latino entre as décadas de 70 e 80.

Dia 10/09, quarta, 20h. Área de Convivência.

Livre para todos os públicos. 200 lugares. 60 minutos. Não é necessário retirar ingresso.

OFICINA DE EMPANADA NO I FESTIVAL CCJ DE CULTURA LATINA

A Empanada, na Espanha e em quase todos os países da América Latina, é similar ao pastel português, uma preparação individual de massa de farinha recheada e assada no forno ou frita. Estas iguarias derivam do hábito de rechear pão para fazer as refeições da jornada dos trabalhadores do campo ou dos viajantes.

“Empanar” significa “transformar em pão”. Há variadas versões de empanada: a argentina, uruguaia, peruana, boliviana… O recheio pode ser de carne, queijo, aves, pescado, vegetais ou frutas.

A oficina será dada por Heber Chavez que trabalha no ramo alimentar há mais de 20 anos e é filho de pai boliviano.

Dia 11/09, quinta, 15h. Cozinha Experimental

Não recomendado para menores de 12 anos. 20 vagas. 180 minutos. Inscrições na recepção do CCJ ou online em www.inscricoes.ccj.art.br.

OFICINA MANUAL E GUIA DO PALHAÇO DE RUA

Direcionada a artistas ou futuros artistas que desejem descobrir os segredos do palhaço de rua, orientada ao trabalho individual e para espaços não convencionais com as seguintes formas de expressão: palavra, gesto, som, ruído, ação  e movimento.

Dia 11/09, quinta, das 15h às 19h. Área de Convivência.

Não recomendado para menores de 14 anos. Não é necessária inscrição prévia.

CHACOVACHI, CUIDADO UM PALHAÇO MAU PODE ARRUINAR TUA VIDA

O espetáculo estrelado pelo palhaço argentino, Chacovachi, se passa em um mundo cheio de contrariedades, inocência, acidez, conformismo e rebeldia. A peça mostra um palhaço autêntico em sua luta para entreter sem estupidificar. É um espetáculo para adultos onde crianças são muito bem vindas.

Direção, concepção e atuação: Fernando Cavarozzi (Chacovachi).

Dia 11/09, quinta, 19h30. Área de Convivência.

Livre para todos os públicos. 60 minutos. Não é necessário retirar ingresso.

DIVAS DO HIP-HOP

Divas do Hip-Hop é um projeto ousado e inédito no Brasil que reúne MC’s  para cantarem suas composições próprias e interpretarem músicas já conhecidas do rap nacional, na companhia de uma banda também composta só por mulheres. Participam do projeto: Yzalú, Amanda NegraSim, Lívia Cruz, Karol de Souza, Pamelloza Carvalho, Stefanie Roberta, Tássia Reis, Lua Rodrigues e Cris SNJ.

Dia 12/09, sexta, 20h. Arena.

Livre para todos os públicos. 90 minutos. 500 lugares. Não é necessário retirar ingresso.

COMIDA DE RUA COM SABOR LATINO

O CCJ convida chefs de comida de rua a montarem barraquinhas no Mirante do Centro Cultural durante o Festival CCJ de Cultura Latina. Será possível experimentar empanados, salteados, ceviches e vários outros sabores latinos.

Dia 13/09, sábado, das 11h às 16h. Mirante.

Livre para todos os públicos. 500 lugares. Não é necessário retirar ingresso.

OFICINA DE STREET DANCE

A coreógrafa e cantora de rap espanhol Indee Styla está em sua terceira passagem pelo Brasil. Durante o Festival CCJ de Cultura Latina, ela dará uma oficina de Street Dance.

Com Indee Styla.

Dia 13/09, sábado, 15h. Espaço Sarau.

Não recomendado para menores de 14 anos. 180 minutos. 20 vagas. Dançarinos intermediários ou avançados. Inscrições a partir do dia 2/09 na recepção do CCJ e online em http://www.inscricoes.ccj.art.br. Haverá seleção.

MC ESPANHOLA INDEE STYLA APRESENTA DISCO NOMADA

A coreógrafa e cantora de rap espanhol Indee Styla está em sua terceira passagem pelo Brasil. Durante o Festival CCJ de Cultura Latina, além de uma oficina de Street Dance, ela apresentará o show do seu mais novo álbum Nomada, lançado agora em 2014.

Dia 13/09, sábado, 20h30. Área de Convivência.

Livre para todos os públicos. 90 minutos. Não é necessário retirar ingresso.

CHILENA ANA TIJOUX ENCERRA O FESTIVAL CCJ DE CULTURA LATINA

Ana Tijoux é uma cantora franco-chilena que começou rimar ainda adolescente nos guetos de Santiago, ganhando reconhecimento na cena hip-hop local no final dos anos 90, com o grupo Makiza. Possui sete discos lançados, sendo os quatro últimos trabalhos solo. Ana é hoje considerada uma das principais MC’s da América Latina, e foi indicada ao prêmio Grammy em 2012. No CCJ, ela apresenta o show de seu quarto CD solo, o Vengo.

Dia 14/09, domingo, 19h. Área de Convivência.

Livre para todos os públicos. 90 min. Não é necessário retirar ingresso.

28/08 (PE) – I Seminário pelo Dia Nacional da Visibilidade Lésbica em Garanhuns


Será realizado, em Garanhuns, no próxima quinta-feira (28), o I Seminário pelo Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, que é vivenciado no dia 29 de agosto. O momento acontecerá no auditório da Universidade de Pernambuco (UPE), localizada na rua Capitão Pedro Rodrigues, nº 105, no bairro São José. A palestra será ministrada pela advogada, professora universitária e mestre em gênero de sexualidade, pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Manoela Alves, e inicia às 19h30, tendo como tema “Gênero e Diversidade”.

Na ocasião, serão discutidos temas sobre a conscientização e aplicabilidade nas questões de gênero. A Secretária da Mulher de Garanhuns, Eliane Simões Vilar, fala sobre a finalidade do seminário: “A proposta é a luta pela inclusão, de um segmento da sociedade, que são as mulheres, independentemente de sua orientação sexual, para que se apropriem como sujeitos de direito, por contribuírem de forma igual com seus impostos e trabalho e se coloquem como protagonistas de sua bandeira”.

A mobilização é uma iniciativa da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres do Governo Federal, em parceria com todos os demais organismos de Políticas Públicas para as Mulheres do Brasil. Em Garanhuns, é uma realização da Secretaria Municipal da Mulher, em parceria com o curso de psicologia da UPE. Os estudantes que participarem do seminário, receberão certificado de 5h para hora/aula.

 

Data: 28/08/2014
Local: Auditório da Universidade de Pernambuco (UPE),
Rua Capitão Pedro Rodrigues,
nº 105 –  São José.

Fonte: Assessoria da Prefeitura de Garanhuns

28/08 – ONU Mulheres realiza debate online ‘As Meninas’

Público poderá participar com perguntas ou comentários por meio de postagens na página do evento “Pequim+20: As Meninas” no Google+ da ONU Mulheres Brasil. As participantes são Ingrid Soto, Tainá Almeida e Rosangela Berman Bieler.

Imagem: reprodução

Os direitos das meninas estarão em debate online no terceiro “Hangouts Pequim+20”, promovido pela ONU Mulheres Brasil. A atividade acontecerá no dia 28 de agosto, das 14h30 às 16h, e poderá ser acompanhada ao vivo no link http://bit.ly/hangouts-asmeninas-pequim20

Três especialistas serão entrevistadas por três blogueiras. O público poderá participar com perguntas ou comentários por meio de postagens na página do evento “Pequim+20: As Meninas”, no Google+ da ONU Mulheres Brasil.

Ingrid SotoO debate “As Meninas” terá a participação de Ingrid Soto, estudante do Ensino Fundamental. Ela tem 12 anos, vive em Valinhos (SP) e está atenta aos acontecimentos mundiais ao ponto de querer atuar em causas humanitárias.

Aluna de escola pública, filha de uma técnica em segurança do trabalho e de um motorista de caminhão, Ingrid dedica parte de seu tempo para a música. Altamente ligada em tecnologia, a estudante considera que, diante do computador, “o mundo fica pequeno”. Pela Internet, acompanha as atividades do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) em todo o mundo e visita semanalmente a sede das Nações Unidas.

Tainá AlmeidaNa interface gênero e raça, Tainá Almeida, coordenadora da equipe Rio de Janeiro do Coletivo Meninas Black Power, trabalha para afirmar a identidade racial de meninas, jovens e mulheres negras por meio da valorização dos cabelos crespos naturais. No último 25 de julho – Dia da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha – as Meninas Black Power reuniram cerca de 500 pessoas, no clube negro Renascença, na segunda edição do Encrespando.

O grupo também realiza atividades educativas para o público infantojuvenil, a exemplo de contação de histórias e oficinas em escolas da Baixada Fluminense, e do Encrespinho. As Meninas Black Power – jovens mulheres negras – estão organizadas em grupos de trabalho nas áreas de educação, histórico política, comunicação, cultura, moda e beleza.

Rosangela Berman BielerA terceira convidada do “Hangouts Pequim+20: As Meninas” é Rosangela Berman Bieler, conselheira sênior de Crianças com Deficiência no UNICEF e chefe da Seção de Deficiência da instituição. Quadriplégica desde os 18 anos de idade, ela tem defendido os direitos das pessoas com deficiência há mais de 35 anos. Mora nos Estados Unidos desde 1995 e, antes de se unir ao UNICEF, trabalhou como consultora para o Banco Mundial, BID e outros organismos internacionais.

Dentre outras instituições, fundou o Instituto Interamericano sobre Deficiência e Desenvolvimento Inclusivo (IIDI), criado na década de 1990 para promover a inclusão política e socioeconômica na América Latina e nos países de língua portuguesa da África e Ásia. O IIDI teve um papel fundamental no desenvolvimento da Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CRPD).

 

Leia mais aqui: http://www.onu.org.br/onu-mulheres-realiza-debate-online-as-meninas-dia-28-de-agosto/

 

 

21/08 (BA): Seminário: Mulher, Negra e Empreendedora com mediação da jornalista Glória Maria

O Seminário abordará o universo empresarial feminino e negro através de palestra e Talk Show com mediação da jornalista Glória Maria

O evento

Empreender significa saber identificar oportunidades, agregar valor a elas e transformá-las em um negócio lucrativo. As dificuldades para empreender enfrentadas pelas mulheres negras afetam suas condições de competitividade, o desenvolvimento socioeconômico e o equilíbrio regional em vários setores da economia baiana. O Seminário Mulher, Negra e Empreendedora, uma realização do Sebrae e da Secretaria de Políticas para Mulheres do Estado da Bahia, aborda este universo empresarial feminino e negro através de palestras, exposição, apresentação cultural e um talk show com a jornalista Glória Maria.

Empresária, participe!

Data: 21 de agosto de 2014
Horário: 8h às 20h
Local: Fiesta Convention Center – Av ACM, 711, Itaigara, Salvador

Programação

Dia

08h00: Credenciamento
Exposição Mulheres do Benin (foyer)

09h00: Abertura do Seminário

09h30: Mística de Abertura
Ana Placidino (Coordenadora Nacional Rede KÔDYA)

10h00: O Protagonismo da Mulher Negra no Etnodesenvolvimento
Ana Placidino (Coordenadora Nacional Rede KÔDYA)

11h00: Políticas Públicas para as Mulheres Negras
Secretária de Políticas do Trabalho e Autonomia Econômica das Mulheres da Presidência da República

12h30: Intervalo – Almoço Livre

13h30: Case de Sucesso Mulher Empreendedora
Antonia Joyce Venâncio (Empresária – loja Preta Pretinha)

14h30: Oportunidades de negócios para as micro e pequenas empresas nas compras governamentais

Sebrae/BA
15h30:Moda e Estética Afro: Empreendedorismo e Ativismo Político
Carol Barreto – estilista e professora de Estudo de Gênero e Diversidade da UFBA
16h30: Moda e Confecção
NeGrif e NBlack
17h00: Intervalo

Noite

18h00: Talk Show Mulher, Negra e Empreendedora Mediação da jornalista Glória Maria
Convidadas:

Dadá (Empresária – Restaurante Tempero da Dadá)

Negra Jhô (Hair Stylist, referência em estética afro)

Michele Fernandes (Empresária – Boutique de Krioula)

Adriana Barbosa (Gestora de Eventos, idealizadora da Feira Cultural Preta)

Antonia Joyce (Empresária – loja Preta Pretinha)

20h00: Encerramento – Apresentação cultural das Filhas de Gandhy
Inscrições

As inscrições são gratuitas (mediante doação de 02 latas de leite que serão doadas às Voluntárias Sociais da Bahia no dia do evento)

Ficha de inscrição http://bit.ly/1oRAWsM

Vagas limitadas!

29/05 (BA) – Violência obstétrica: Uma negação do direito à saúde da mulher

Exibindo Convite Quinta Temática_29_05_2014_Violência Obstétrica (1).jpg

Violência obstétrica: uma negação do direito à saúde da mulher

Data: 29/05/2014
Horário: das 08h30min às 12h
Local: Auditório do Colégio Nossa senhora das Mercês – Avenida Sete de Setembro, n 1105, Mercês, Centro – Salvador BA

Palestrante: Drª Maria Inês Barbosa
Consultora Nacional OPAS/Organização Mundial da Saúde

VAGAS LIMITADAS!
Faça sua inscrição – Entrega de Certificados
via email: spmquintastematicas@gmail.com
Contato: (71) 2108-7309

20/05 (SP) – “Quebrando o silêncio – Vamos ganhar este jogo”

https://09568172907028269692.googlegroups.com/attach/a737e52f9e65e507/Convite%20Vamos%20Ganhar%20Este%20Jogo.jpg?part=4&view=1&vt=ANaJVrHawK3OBxrapM5OaehKuIwQIJF_NQLMEgkgIIaIi17DoChMEe-k4VWtLEeOEA9KLweGbNUfqE9MOAuBvT46lGOKa2gkQVF1zATnS4V4yLUgGRdbxes

 

O Conselho Estadual da Condição feminina – CECF, Convida  para a solenidade do lançamento da campanha “Quebrando o silêncio – VAMOS GANHAR ESTE JOGO”,
sobre violência contra mulher e tráfico de pessoas, que será realizada no dia 20 de Maio de 2014, às 19h30h – na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo,

auditório Paulo Kobayashi
Av.Pedro Álvares Cabral, 201- Ibirapuera – SP