Arquivo da tag: Maio 2013

30/05 – Sarau das brejeiras: Que tipo de casamento queremos? – São Paulo (SP)

Gay-Marriage_2

Data: 30 de maio -Quinta-feira do feriado de Corpus Christi

Horário: das 16 as 21 horas

Local: Casa das Rosas – Avenida Paulista, 37 – perta da praça Oswaldo Cruz, metrô Brigadeiro

Entrada gratuita

Programação

Falam as lésbicas
das 16 às 18 horas
Kakau Paxeco, mulher múltipla, numa relação muito aberta
Léa Carvalho, editora e autora de No caminho do arco-íris (Metanoia, 2010), casadíssima
Nanda Cury, vocalista da banda X So Pretty, solteira
Rita Moreira, videomaker e poeta, autora de Perscrutando o papaia (Brasiliense, 1999), atualmente solteira

Falam os gays
das 18 às 20 horas
Celso Curi, jornalista, curador do festival de teatro de Curitiba, publisher do guia Off, casadíssimo
Claudio Picazio, psicólogo, autor de Diferentes desejos, Sexo secreto e Uma outra verdade, todos das Edições GLS, já viu de tudo
Kadu Lago, autor de Confissões ao mar (Copacabana Books, 2010), solteiro convicto
Alexandre Calladinni, autor Por favor me ajude (Metanoia, 2010), casadíssimo

Pocket show da banda X So Pretty
20 às 21 horas
com a charmosa vocalista Nanda Cury

Haverá livros lgbt de várias editoras à venda, inclusive da Brejeira Malagueta com belos descontos, assim como camisetas e badulaquezinhos do arco-íris.
Apareça para um debate inteligente com gente simpática, naquela casa cultural linda no comecinho da Paulista.

Organização da Editora Brejeira Malagueta
http://www.editoramalagueta.com.br

Na quinta-feira que antecede a Parada LGBT de São Paulo, convidamos você a vir participar de uma conversa sobre casamento lgbt.

Não se temos direito ou não, pois claro que temos. Vamos abrir espaço para discutir se casar como os héteros é uma boa ideia.

Muitos gays e lésbicas ficam meio reticentes, já que parte do movimento gay sempre achou que o casamento tradicional é um retrocesso, um ritual que não acompanha os vaivens da vida.
Será? Será que o casamento a dois ou a duas, monogâmico e eterno, com todas as suas promessas e cobranças, é o ideal?

Ou será que deveríamos abrir espaço para casamentos abertos, a três, com férias ou outros arranjos?
Vamos falar das possibilidades todas, com gays e lésbicas defendendo tanto a união fiel e permanente, quanto as ligações mais criativas.”

fonte: http://www.editoramalagueta.com.br/editora3/index.php/nossas-autoras/301-sarau-das-brejeiras-30-de-maio.html

Anúncios

01/06 – V Jornada Lésbica Bissexual Feminista / XI Caminhada de Lésbicas e Bissexuais de São Paulo (SP)

xi_caminhada_les-bi

XI Caminhada de Lésbicas e Bissexuais de São Paulo (SP)

Data: 01/06 – Sábado

Concentração às 12h30 no Masp.
Encerramento com atrações culturais na Roosevelt à partir das 16h.

Evento XI Caminhada de Lésbicas e Bissexuais de São Paulo: http://www.facebook.com/events/112447282287418/

Página da XI Caminhada de Lésbicas e Bissexuais de São Paulo: https://www.facebook.com/pages/XI-Caminhada-de-L%C3%A9sbicas-e-Bissexuais-de-S%C3%A3o-Paulo/189151017899638

http://caminhadalesbica.org/2013/

V Jornada Lésbica Bissexual Feminista

Data: 29, 30 e 31/05

Evento da V Jornada Lésbica Bissexual Feminista: https://www.facebook.com/events/548773245165646/

“PROGRAMAÇÃO

29 de maio – quarta feira

Abertura – 19 hs

Mesa de Abertura sobre tema O Estado é Laico. Construindo Direitos e Desconstruindo Preconceitos. Basta de Lesbofobia

30 de Maio – quinta feira

Manhã – 10 hs Roda de Conversa / Oficina: Violência Familiar

Tarde – 15 hs Roda de Conversa: Feminismo e Lesbianidade

31 de Maio – sexta feira Manhã – 10 hs

Roda de Conversa: Análise de conjuntura: o movimento lesbo feminista em diferentes contextos regionais – 10 anos de Liga Brasileira de Lésbicas

Todas as rodas de conversas e oficinas acontecerão na União de Mulheres – Rua Coração de Europa, 1395 – telefone 3283-4040

1º De junho – sábado

XI Caminhada de Lésbicas e Bissexuais de São Paulo

Concentração a partir de 12:30 hs no MASP

Encerramento na Praça Roosevelt com atividades culturais”

fonte: http://blogueirasfeministas.com/2013/05/xi-caminhada-de-lesbicas-e-bissexuais-de-sao-paulo/

28/05 – Seminário “O negro na mídia: um recorte” – Salvador (BA)

cartaznegrosnamídia

Data: 28/05 Terça-feira

Horário: das 18h as 21h

Local: Auditório do CEAO/UFBA – Largo Dois de Julho

“Contará com a presença da Ombudsman Suzana Singer, representando o veículo de maior circulação do país, Jornal Folha de S. Paulo, o diretor do Pós-Afro/UFBA Valdemir Zamparoni, do jornalista, professor de Faculdade de Comunicação da UFBA e coordenador da pesquisa, o professor Fernando Conceição.

A atividade tem o objetivo de apresentar à sociedade, aos profissionais da comunicação, estudantes, professores e representantes dos veículos de comunicação, os resultados da pesquisa Faces do Brasil (www.etnomidia.ufba.br) e promover o diálogo entre tais instâncias.

Informações adicionais:

Fernando Conceição, coordenador.
E-mail: fernconc@ufba.br
Inscrições antecipadas: nicom@ufba.br.”

fonte: http://www.geledes.org.br/areas-de-atuacao/comunicacao/274-noticias-de-comunicacao/18845-seminario-o-negro-na-midia-um-recorte

27/05 – Pós TV – Debate sobre feminismo – Especial Marcha das Vadias (online)

postv

Data: 27 de maio

Horário: 20h

Onde: http://www.postv.org/

Convidadas: Erioka Pretes, Cynthia Semíramis, Laís Lopes e Sabrina Waideman

Página Pós TV: https://www.facebook.com/canalpostv

“Depois de um final de semana marcado pela Marcha das Vadias integrada em todo o Brasil, a Pós Tv abre o debate sobre a questão feminista e a violência contra a mulher. Afinal, pelo que o movimento luta? Essa e outras indagações seras discutidas por Érika Pretes, Cynthia Semíramis e Laís Lopes; sob mediação de Sabrina Waideman, na Casa Fora do Eixo Minas.”

30/05 – Debate “O corpo entre a festa e a militância” – São Paulo (SP)

Data: 30/05

Horário: 17h

Entrada franca.

Local: Espaço Autônomo Casa Mafalda – sede do Autônomos & Autônomas FC
Rua Clélia, 1895, Lapa. A três quadras do terminal Lapa e da estação Lapa da linha 8 da CPTM.
Telefones: (11) 9103-3002 (Claro) | (11) 8115-4935 (TIM) | (11) 7310-3372 (Vivo)

Evento: https://www.facebook.com/events/103291349880086/?ref=22

“Até onde as duas coisas se atravessam, se complementam? Quando a festa deixa de ser questionadora e passa a reproduzir os mesmos comportamentos de sempre?

Para pensar no assunto, estará conosco o Bloco Feminista da Marcha da Maconha (http://spblocos.marchadamaconha.org/marias-e-joanas_13) e o jornalista e militante LGBT Rodrigo Cruz.”

28/05 – “Feminismo na Universidade? Colocando conhecimentos em xeque” (SP)

mmm

 

 

Feminismo na Universidade? Colocando conhecimentos em xeque

Data: 28/05

Horário: 18h

Local: Instituto de Relações Internacionais – sala de aula do 1o andar (a confirmar)

Av. Prof Lucio Martins Rodrigues, s/n, travessas 4 e 5 – Cidade Universitária

29/05 – “Campanha Contra a Violência Sexual na Universidade – Roda de conversa com oficina de cartazes” na USP – Ribeirão Preto (SP)

roda_conversa

Campanha Contra a Violência Sexual na Universidade – Roda de conversa com oficina de cartazes na USP- Ribeirão Preto

Data: 29/05

Horário: 12:25 até 14:00

Local: Vão do bandex – USP-RP – Av. Bandeirantes, 3.900 Monte Alegre – Ribeirão Preto

Contatos: Yasmin Teixeira (16 82209011)

Evento: https://www.facebook.com/events/377902115651570/

28/05 – “Gutierrez Convida: Cultura de Estupro e Delegacia da Mulher – o que fazer?” na UFPR (PR)

conversa

“Gutierrez Convida: Cultura de Estupro e Delegacia da Mulher – o que fazer?”

Data: 28/05 – Terça

Horário: as 9h30

Local: ANF900 – Reitoria UFPR – Rua Dr Faivre, 405, Curitiba

Evento: https://www.facebook.com/events/334655586662218/

“Todos os dias, mulheres de todas as idades são violentadas de alguma maneira. Na rua, em casa, no trabalho, na faculdade, na balada. Violentadas psicologicamente, emocionalmente e fisicamente.
Aprendemos desde crianças a reservar nossos espaços para “nos proteger” dessas violências. Mas percebemos cotidianamente que nunca é o suficiente, que mesmo em nossos espaços mais reservados, a violação destes continua.
Mas afinal, o que é essa cultura que tanto nos oprime e asfixia, que nos violenta, que nos invade e nos tira a liberdade? O que fazer quando ela bate em nossa porta quando menos esperamos?
Entendendo que a violência à mulher acontece em todos os âmbitos, não só fisicamente – simbolicamente, psicologicamente e emocionalmente – a quem podemos recorrer quando somos violadas, agredidas? O que podemos fazer?
O que hoje a Constituição Federal nos garante? O que não garante? O que fazer quando a Delegacia da Mulher não está preparada para atender uma mulher em estado de fragilidade psíquica e emocional?
Para entender melhor o que é a tal da “Cultura de Estupro” a que tanto nos referimos, e como ela se manifesta; para saber o que podemos fazer para nos proteger, no âmbito do direito, da atuação política e empoderamento subjetivo, o Coletivo Somos Tod@s Gutierrez convida você para participar e contribuir neste dia 28, terça-feira, às 09h30, no ANF900.

Com: Xênia Mello e Luisa Mousinho”

25/05 – Oficina de Confecção de Cartazes e Roda de Conversa Marcha das Vadias Uberaba (MG)

oficina_cartazes

Oficina de Confecção de Cartazes e Roda de Conversa Marcha das Vadias Uberaba

Data: 25/05 – Sábado

Horário: 13h

Local: T 07, no Centro Educacional da UFTM (prédio novo), localizado na Av. Getúlio Guaritá, 147.

Evento: https://www.facebook.com/events/143483485841386/

“Nesta reunião pretendemos discutir um pouco sobre o que consiste a Marcha das Vadias, bem como conceitos fundamentais à luta feminista. Além disso, na mesma data, realizaremos a confecção dos cartazes para a Marcha.”

28/05 – Audiência pública de análise do Projeto de Lei do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Curitiba (PR)

analise-Curitiba

Audiência pública de análise do Projeto de Lei do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Curitiba

Data: 28/05 – Terça

Horário: 19h

Local: Memorial de Curitiba (Teatro Londrina – Setor Histórico)

Mais informações: http://www.curitiba.pr.gov.br/direitosdamulher