Arquivo da tag: SC

24/05 (SC) – Marcha das Vadias de Floripa

Data: Sábado, 24 de maio de 2014 à partir das 10h00
Local: Praça XV de Novembro
Endereço: Praça XV de Novembro – Centro

Olá gente, finalmente criamos o evento oficial da Marcha das Vadias de Floripa. Pelo quarto ano consecutivo estamos aqui marchando contra toda forma de opressão de gênero e esperamos que, cada vez mais, muitas pessoas se somem nessa caminhada.
Neste evento estaremos atualizando semanalmente o calendário de debate, de rodas de conversas, de cines-debate, de vendas de artesanato feminista, panfletagens, dentre outras atividades que estarão sendo realizadas até o dia 24 de maio.  (…)

A Marcha das Vadias é um movimento feminista que busca questionar e eliminar essa lógica machista e violenta da sociedade que  vivemos. Nossa luta é para que todas as mulheres sejam livres para se comportarem e se vestirem como bem entenderem, sem que para isso precisem sofrer qualquer tipo de violência, intimidação ou julgamento. Nossos corpos nos pertencem, e exigimos completa autonomia sobre eles para que possamos viver livremente e que sejamos respeitadas em nossas escolhas. Esta marcha é uma ação feminista pela liberdade e igualdade de gênero, pelo fim das opressões e hierarquias de violência. Nenhum violências é justificável, nenhuma violência deve ser tolerada!

Facebook: https://www.facebook.com/MarchaDasVadiasFlorianopolis?fref=ts

16 e 17/05 (SC) – Seminário Internacional sobre Mídia e Violência de Gênero

cmc_campanha

http://sjsc.org.br/seminario-internacional-em-florianopolis-debate-midia-e-violencia-contra-a-mulher/

“Programação do Seminário:
16 de maio
• 19h00 – Sessão Solene de Abertura – 1ª mesa: Panorama geral da violência de gênero na América Latina, Caribe e no Brasil
• Entrega da premiação do Prêmio Nacional de Jornalismo sobre Violência de Gênero
• Coquetel

17 de maio
• 09h00 – 2ª mesa: Feminismo, mídia e violência de gênero: desafios e perspectivas contemporâneas
• 14h00 – 3ª mesa: Jornalismo e a violência de gênero: entre a denúncia e a vivência
• 17h00 – 4ª mesa: Leitura e Aprovação da Carta de Florianópolis
• Sessão solene de Encerramento.

SERVIÇO

Seminário Internacional sobre Mídia e Violência de Gênero
Onde: Hotel Plaza Baía Norte (Avenida Beira Mar, Centro)
Quando: 16 e 17 de maio (sexta e sábado)

INSCRIÇÕES

http://www.casadamulhercatarina.com.br

Realização: Casa da Mulher Catarina e Rede Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos”

16 e 17/05 (SC) – Seminário Internacional sobre Mídia e Violência de Gênero

Como os crimes contra mulheres são abordados pela imprensa? Qual a repercussão dessas matérias na sociedade? Evento gratuito em maio, em Florianópolis (SC)

A Casa da Mulher Catarina e a Rede Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos realizam nos dias 16 e 17 de maio, em Florianópolis (SC), o Seminário Internacional sobre Mídia e Violência de Gênero. O evento integra a Campanha “Jornalistas dão um Ponto Final na Violência Contra Mulheres e Meninas”, que tem como objetivo incluir, promover e disseminar na categoria de jornalistas profissionais e na sociedade o debate sobre relações de gênero. Um dos focos do Seminário é trazer à tona informações da violência de gênero como um problema que impacta a vida e a cidadania das mulheres, buscando a sua compreensão e desnaturalização, influenciando no tratamento dado pelos meios de comunicação.

Jornalistas receberão premiação no Seminário

A primeira etapa da Campanha “Jornalistas dão um Ponto Final na Violência Contra Mulheres e Meninas” consistiu no lançamento do Prêmio Nacional de Jornalismo sobre Violência de Gênero, realizado em dezembro de 2013 e que recebeu inscrições de profissionais de 16 diferentes estados brasileiros, que concorrem à melhor matéria nas categorias Mídia Impressa; Televisão; Rádio e Outras Mídias.

As jornalistas ou os jornalistas vencedores receberão a premiação – de R$ 5 mil para cada primeiro colocado – na noite do dia 16 de maio, abertura do Seminário. Das 82 reportagens inscritas nas quatro categorias do Prêmio, 67 foram realizadas por jornalistas mulheres e 15 por jornalistas homens.

O Seminário Internacional sobre Mídia e Violência de Gênero pretende se debruçar sobre este fazer jornalístico e sobre como a mídia tem retratado e/ou refletido sobre as questões de violência de gênero. Além de trazer painelistas para traçar um panorama da violência de gênero na América Latina, Caribe e Brasil, o Seminário também terá uma mesa com a participação de jornalistas, brasileiras e de outros países, para refletir sobre a violência sofrida pelas mulheres no fazer profissional.

Programação do Seminário:

16 de maio

• 19h00 – Sessão Solene de Abertura – 1ª mesa: Panorama geral da violência de gênero na América Latina, Caribe e no Brasil

• Entrega da premiação do Prêmio Nacional de Jornalismo sobre Violência de Gênero

• Coquetel

17 de maio (sábado)

• 09h00 – 2ª mesa: Feminismo, mídia e violência de gênero: desafios e perspectivas contemporâneas

• 14h00 – 3ª mesa: Jornalismo e a violência de gênero: entre a denúncia e a vivência

• 17h00 – 4ª mesa: Leitura e Aprovação da Carta de Florianópolis

• Sessão solene de Encerramento.

SERVIÇO

Seminário Internacional sobre Mídia e Violência de Gênero

Onde: Hotel Plaza Baía Norte (Avenida Beira Mar, Centro)

Quando: 16 e 17 de maio (sexta e sábado)

INSCRIÇÕES: http://www.casadamulhercatarina.com.br

Realização: Casa da Mulher Catarina e Rede Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos

Assessoria de Imprensa: Letra Editorial (48) 3025-7775 – Sara Caprario (48) 8402-8012 e Sandra Werle (48) 9989- 0667

24/05 – CineCAI – “Corpo e liberdade em debate” – São José (SC)

cai

CineCAI – “Corpo e liberdade em debate”
 
Data: 24/05 – Sexta
Horário: 15h40
 
Local: Auditório do IFSC Campus São José – Rua José Lino Kretzer, 608, Praia Comprida
 
 

“Exibição do curta metragem “O Corpo das Mulheres” seguido de um debate sobre o filme, que aborda temas como, “hetero-capitalismo” e o corpo como forma de produto.

O debate tem objetivo de visibilizar causas e lutas, e será conduzido por Gabriela Martini, que participa do movimento “A Marcha das Vadias” em Florianópolis.”